Herpes Zoster: a pior herança da catapora

Destaque

 

A pior herança da catapora

Normalmente, quando falamos em Herpes, a primeira imagem que vem à cabeça é aquele pequeno grupo de pequenas bolhas que surgem nos lábios das pessoas, especialmente no período de inverno. É dolorido, passa de pessoa a pessoa pelo contato direto. No entanto, o HERPES ZÓSTER ou "cobreiro"como é popularmente chamado é bem diferente...

O herpes zóster, também chamado popularmente de "cobreiro", é a manifestação do vírus da CATAPORA (ou varicela), composto por pequenas vesículas ("bolhinhas") que acompanham o caminho de raízes nervosas do corpo. Quase na totalidade das vezes, compromete nervos de um lado só do corpo, é muito dolorosa e compromete muito a vida das pessoas acometidas por esta doença.

O Herpes Zóster é o mesmo "cobreiro" tratado pelas orações das antigas benzedeiras (inclusive minha falecida e querida avó Odila Quintero, que fazia o benzimento descrito logo abaixo) e fez a fama de muitas delas no passado. Era marcante a parte que dizia "Daqui não passarás"... e o "cobreiro" nunca se espalhava.  Ao final, lembro-me, o doente "tratado" pela benzedeira recebia a ordem de ir para casa e rezar uma Ave-Maria e um Pai-Nosso pois logo o "cobreiro" lhe deixaria em paz.

Hoje sabemos que, após ter se manifestado (uma área vermelha repleta de pequenas vesículas bem delimitadas), a infecção não se alastraria pois ela seguia exclusivamente a área do nervo comprometido.

O agente causador do herpes-zóster é um vírus chamado Varicela-zoster e que não deve ser confundido com o vírus do herpes simples que causa lesões na boca e nos genitais.

O Varicela-zoster é o agente de duas doenças: da catapora e do herpes-zóster.

A catapora, ou varicela, é transmitida de pessoa para pessoa, acomete principalmente crianças em idade escolar e provoca lesões no corpo todo, braços, pernas, rosto, tronco e, às vezes, até dentro da boca. São lesões em forma de vesícula, isto é, pequenas bolhas cheias de líquido, cercadas por uma área avermelhada característica de inflamação. Depois, essas bolinhas d’água criam cascas chamadas crostas que secam e caem, deixando uma pequena cicatriz que normalmente desaparece com o tempo. Na esmagadora maioria dos casos a doença se cura espontaneamente. Embora seja incomum, a varicela pode ocorrer em pessoas de mais idade.

O herpes-zóster é outro tipo de doença causada pelo mesmo vírus que fica incubado num nervo depois que provocou catapora. Cerca de 20% das pessoas podem ter herpes-zóster em algum momento da vida. Notadamente vemos pessoas com herpes zóster nos períodos de outono e inverno, talvez induzido pelo comprometimento da resistência imunológica com a diminuição da temperatura.

Apesar de se tratar do mesmo vírus que causa a catapora, o herpes-zóster não é transmitido de pessoa para pessoa por via respiratória. O vírus fica incubado no nervo e, por alguma razão que não conhecemos ainda, caminha por ele e provoca lesões parecidas com as da catapora, mas de forma localizada. O herpes-zóster pode causar lesões discretas ou mais numerosas. Nesse caso, as bolhas se misturam umas com as outras formando o que se chama de confluência.

 

CURIOSIDADE

A título de curiosidade, abaixo está o Benzimento que lhes disse anteriormente. Normalmente era feito empunhando-se um pequeno ramo de arruda. Hoje sabemos que a cura aconteceria com ou sem o benzimento. Entretanto, destaca-se o acalentamento do sofrimento atribuído ao cuidado naquele momento. Vale lembrar que o alívio da dor e do sofrimento não é feito exclusivamente com remédios!

“Cobra, cobrão
Sapo, sapão
Todo o bicho da nação
Que anda de rasto pelo chão,
Para que não cresças
E nem avessas
Que venhas a bom humor
Eu te corto, corvo,
Cabeça e rabo
E corpo todo!
Quando S. Bento era estudante, Nenhum bicho ia para diante,
Na mesma escola andava S. Braz, aqui te seques, aqui te mirrarás.”

add
Avalie este item
(0 votos)
Ler 796 vezes Última modificação em Terça, 15 Agosto 2017 01:39
Publicado em SEMDOR
каталог фаберлик на сайте faberllena.ru
народная медицина

Deixe um comentário